Notícias Avenida São Paulo, no Bairro São Geraldo. Crédito: Movimento Municipalista

Publicado no dia 17 abril 2012 | por Redação Meu Bairro

Capital é a décima maior produtora de lixo no País

Mesmo que nós não nos preocupemos diariamente com ele, o lixo é uma questão mais do que sanitária, de caráter ambiental. Aos poucos a sociedade vai se dando conta da importância do tema e é nesse sentido que o Movimento Municipalista, espaço  criado para o debate sobre soluções sustentáveis para os municípios, vem fazendo e divulgando diversos textos sobre o assunto. Periodicamente iremos postar no site da Revista Meu Bairro algumas das matérias para ajudar na divulgação do tema, afinal, todo mundo tem que fazer a sua parte. Esse é o primeiro texto que postaremos e foi enviado pela jornalista Karine Hasse.

Os maiores lixões do brasil

Porto Alegre está entre as 10 cidades que lideram o ranking na produção de lixo

No Brasil 228 mil toneladas de lixo urbano são produzidas diariamente. A maioria das cidades deposita seu lixo em aterros sanitários e apenas 17,8% delas realiza coleta seletiva do lixo. Dentre as principais capitais brasileiras que mais produzem lixo o IBGE destaca dez cidades do sudeste que lideram o ranking.

Avenida São Paulo, no Bairro São Geraldo. Crédito: Movimento Municipalista

Em São Paulo, o destino do lixo são os aterros sanitários destinando 15,4 toneladas. 4,2 toneladas vão para estações de compostagens e 0,3 para estação de triagem e apenas 0,1 toneladas é incinerada.

O Rio de Janeiro destina a maioria de 6,01 do lixo para aterros sanitários o mesmo faz Belo Horizonte com 4,2 toneladas. Goiânia também destina 100% do lixo produzido para aterros sanitários. Brasília destina duas toneladas do seu lixo para aterros controlados. O mesmo faz Salvador, que destina quase a totalidade do lixo para aterros sanitários.

Manaus, a sétima colocada, destina todo o seu lixo para aterros controlados. A oitava do ranking, Fortaleza, destina toda a coleta para aterros sanitários. Belém distribui entre vazadouros a céu aberto e aterros sanitários. Por último, Porto Alegre destina uma tonelada do seu lixo a aterros sanitários.

  1. São Paulo vem em primeiro lugar produzindo 20 mil toneladas de lixo por dia;
  2. Rio de Janeiro, logo em seguida com uma produção diária de 8,3 t/dia;
  3. Belo Horizonte vem em terceiro lugar com uma produção diária de 4,9 mil toneladas;
  4. Goiânia em quarto lugar com 3,2t;
  5. Brasília é a quinta colocada deste ranking, a capital Federal, produz 2,5t dia;
  6. Salvador, vel logo após com 2,49t;
  7. Manaus, produz com 2,4t/dia e ocupa a sétima posição;
  8. Fortaleza em oitavo lugar com uma produção diária de 2,37 toneladas;
  9. Belém produz 2 toneladas;
  10. Porto Alegre em ultimo lugar no ranking das cidades mais sujas com 1,6 toneladas ao dia.

Fonte IBGE: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pnsb/lixo_coletado/lixo_coletado110.shtm

Tags:


About the Author

é composta por por cinco profissionais de comunicação. Formados em jornalismo e relações públicas, produzem matérias referentes a zona Sul de Porto Alegre e também de interesse desse público. Contato com a editora, Letícia Mellos. Jornalista formada pela Unijuí - RS



Back to Top ↑